terça-feira, 14 de agosto de 2012

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Sem forças...


Hoje estou aqui sentado na varanda da minha casa, esperando o entardecer, esperando que o sol se vá, e as estrelas estejam iluminando a solidão da lua, como vc me iluminou enquanto esteve do meu lado, dói, e dói muito olhar para o lado e apenas ver os objetos  e neles agarrados nossas lembranças, estou ranzinza não sei mais conversar, não sei mais rir das bobeiras na verdade não sei mais viver, eu queria estar junto com você, seja lá onde você está, mas tenho medo dessa viagem, tenho medo do que eu não conheço, me sinto só, mesmo sabendo que enquanto você esteve aqui você esteve comigo e me prometeu não me deixar , não precisamos estar fisicamente juntos quando sonho com você mas a dor de acordar e não te ver, de não ti sentir, de não poder te abraçar quando aperta aqui dentro,é tão forte que eu perco minhas forças... eu queria e queria muito te olhar e dizer que ...

Eu sinto sua falta...


  Derrepente a vi entrando pelo portão, sentando na minha frente e olhando em meus olhos cheios de lagrimas, ela ja foi  dizendo "vai ser tranquilo", que eu não precisava ter medo, eu confio nela, eu quero ir, quero estar com ela, olho em volta, um lagrima escorre mas é o que eu quero, me sinto bem, eu preciso ir... ao me levantar e segurar com força em suas mãos me senti jovem, caminhamos e na nossa frente parecia uma nova vida, quando eu olhei para trás, me vi sentado no mesmo lugar sendo sacudido, choro, dor, saudade foi o que eu deixei, mas acredite, eu estou bem.


Autora: Pá Ribeiro
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...